terça-feira, 20 de abril de 2010

Refeição Cultural - A importância da Leitura


Eu e Miguel de Cervantes em Toledo, Espanha (set/2009).
Cervantes era leitor voraz, lia tudo... 
"aunque sean los papeles rotos por la calle".

(Atualizado em 26/11/16)

Fidel e Che, a importância da leitura

Li com razoável facilidade a primeira parte do livro sobre a amizade de Fidel Castro e Ernesto Che Guevara. (depois terminei o livro com a mesma facilidade)

Comentei com amigos e companheiros que eu não pouco a respeito da vida desses dois ícones revolucionários, apesar de me considerar uma pessoa de esquerda.

É tocante o quanto a vida juvenil e adulta de ambos está interligada com a leitura e o estudo. Eles leram e estudaram muito. Cada um à sua maneira, mas foram leitores contumazes. Lembrei-me do amigo Gilmar Carneiro dizendo que devemos ler todos os dias, ao menos 30 minutos.

Na leitura deste livro, lembrei-me o quanto a leitura foi importante na minha infância e adolescência. É uma pena que eu não tenha começado por livros mais profundos sobre sociologia, antropologia, filosofia, história e outros do gênero.

Também não comecei a ler por uma literatura mais "engajada" ou "clássica". Mas foi importante começar a ler qualquer coisa.

Acho que somando a leitura de livros com a educação religiosa de minha mãe, o resultado foi a minha saída das ruas e a minha maior permanência longe dos problemas das gangues que haviam no bairro Marta Helena, em Uberlândia, nos anos oitenta.

Meu primo Jorge Luiz tinha muitos livros, pois a minha tia era funcionária pública e ele assinava o Círculo do Livro. Foi dali que comecei a ler um livro atrás do outro. 

Não vou dizer que não li livros clássicos na adolescência, pois posso citar alguns como "Lolita" de Vladimir Nabokov, "O vermelho e o negro" de Stendhal, li Shakespeare, Machado de Assis, Eça de Queirós. Mas é evidente que o que mais li foi Stephen King e outros mais de terror e suspense.


VOLTANDO A FIDEL E CHE

É interessante como as histórias vão se interligando. Che Guevara estava na Guatemala quando a CIA e A Frutera derrubaram o governo democrático e progressista de Arbenz em 1954.

Eu já conheço um pouco esta história porque li faz um tempo "Week end na Guatemala" de Miguel Ángel Astúrias. Mas nunca imaginei que o jovem Che Guevara (e outros exilados revolucionários) estivesse no país durante o massacre dos guatemaltecos pelos mercenários contratados pela CIA e pelos capitalistas investidores no país.


Presente dos amigos durante curso de formação da Contraf-CUT.

Uma frase de Fidel Castro, escrita durante sua permanência na solitária, me emocionou bastante pois é algo que sempre penso. Aprender algo útil todos os dias para compreender melhor o mundo e para evoluir também como pessoa é uma necessidade.

"Esqueço tudo o que existe no mundo e me concentro mais uma vez no esforço de aprender algo novo e útil, mesmo que seja apenas para entender melhor a humanidade" (Fidel Castro, durante sua prisão)

Que coisa bela!!

Se servir de algo partilhar o que penso com meus amigos e companheiros do movimento sindical e progressista, INSISTO PARA QUE CADA DIRIGENTE DEDIQUE AO MENOS 30 MINUTOS DE LEITURA DIÁRIA DE ALGUM TEXTO OU OBRA LITERÁRIA MAIS ENGAJADA E COM REFLEXÃO. É MUITO IMPORTANTE PARA A FORMAÇÃO DO PRÓPRIO EU.

O mundo contemporâneo perdeu muito com a quantidade de coisas inúteis disponíveis que disputam os segundos da existência com uma leitura mais densa e reflexiva, com um bom debate entre amigos, uma boa música com letras que nos põem a pensar etc.

COMPANHEIROS, LEIAM AO MENOS 30 MINUTOS POR DIA, ASSIM COMO VOCÊS COMEM ALGUMAS VEZES POR DIA. É PARA A PRÓPRIA FORMAÇÃO ÉTICA, FILOSÓFICA E HUMANA.

O que vocês estão lendo atualmente? Teçam comentários a respeito.


Post Scriptum (26/11/16):

O Comandante Fidel Castro, grande líder revolucionário, faleceu em 25/11/16, aos noventa anos de idade.

Comandante Fidel, você, Che e a Revolução Cubana, seguirão sendo grandes inspirações para nós, que lutamos pelos povos trabalhadores e humildes e contra o imperialismo e o capitalismo, sistema de exploração do homem pelo homem e de destruição do Planeta.

Presente!

William

2 comentários:

Thaís disse...

Olá, William. É com muito gosto que vlto a visitar teu blog, que já está linkado aos meus favoritos, e vejo um comentário sobre um assunto que tanto me agrada, a vida esquerdista e socialista de Che e Fidel; procuro sempre me informar mais e mais sobre o assunto, por apenas gostar e tu falastes coisas que eu ainda não sabia. Tento de várias formas ler ao menos 30 minutos, todos os meus dias, e nao importa o que seja, leio; com gosto.
Respondendo a tua pergunta, tenho lido sobre marketing e comportamentos do consumidor, hehe, me dedicando à faculdade, porém nas férias, me deleeeeito com outros títulos e assuntos!
Parabéns por essa iniciativa do blo, adorei! Um abraço!

William Mendes disse...

Olá Thaís! Seu comentário me lembrou de algo bem contemporâneo: temos que ler as nossas obrigações do dia a dia - textos da faculdade, assuntos do trabalho etc - e aí, achar uma folguinha para aquelas leituras do desejo. Mas, seguimos lendo todo dia um pouquinho. Valeu amiguinha! William Mendes