terça-feira, 31 de dezembro de 2013

89ª São Silvestre - Feliz por completar minha 6ª participação



Pois é!

Finalizei o ano calendário de 2013 participando da 89ª Corrida de São Silvestre. Esta foi a minha 6ª participação nas últimas 7 corridas desde 2007. Fiz os 15 km em 1 hora e 50 minutos. Estou muito contente por mais esta participação e por ter corrido tudo bem.

Fui reler em meu blog sobre as participações anteriores e todas elas tiveram a sua história.

Para uma comparação rápida, minha primeira São Silvestre (2007) foi feita em 1 hora e 55 minutos. Eu tinha 38 anos. Meu melhor tempo foi em 2010 com 1 hora e 37 minutos (41 anos).

Em 2009, corri algumas semanas depois da morte de minha tia Alice e estava muito deprimido (corri inspirado pelo personagem Forrest Gump, que saiu correndo para queimar algumas tristezas). 

Em 2011 não me inscrevi por protesto por mudarem a chegada da prova, jogando os corredores para o Ibirapuera.

No ano passado, tive uma inflamação na planta do pé uma semana antes da prova e, apesar da frustração naqueles dias, comprei um tênis novo, fui para Av. Paulista disposto ao menos a caminhar e corri a prova inteira em 1 hora e 55 minutos.

Neste ano, já com 44 anos de idade, juro que os sinais de meu corpo eram de que eu não conseguiria completar a prova. Estou sem condições físicas. Estou perdendo musculatura por falta de treinamento de manutenção muscular e a seguir assim em minha vida...


A CORRIDA

Acordei cedo e fui para a Av. Paulista. Passei na Regional Paulista do nosso Sindicato e cumprimentei o pessoal - já virou uma tradição abrir o Sindicato para os corredores.

Entrei em um estado de concentração total e fui para o meio da multidão de mais de 30 mil pessoas. Só levei uma bebida isotônica para os momentos de prováveis necessidades de hidratação. Eu venho com dores constantes nos tendões de aquiles e também estava sentindo um pouco o adutor da coxa direita.

Só consegui passar pela largada após 20 minutos da partida. A cada ano é mais gente inscrita na prova, pois além dos 27,5 mil inscritos deve haver mais alguns milhares sem inscrição.

Concentração total. Minha intenção era de fazer um trote de cerca de 7' a 7' e 1/2 o Km. Passei pelo 1º km nos 7'. Passei o 2º, 3º, 4º e 5º km. Estava tranquilo. Inclusive desci correndo aquela parte terrível do começo do Pacaembu. Fiz nos 35' previstos a primeira terça parte da prova.

O calor apertou. Já estava fazendo 27º. Mentalizei bastante porque previ que dos 5 aos 10 Km seria difícil. Me concentrei tanto que não vi passar o 6º km, passei pelo 7º com 47' e não vi nem o 8º nem o 9º. Cheguei ao km 10 com 1 hora e 10 minutos. Neste ano não tenho sequer lembranças das pessoas fantasiadas ao meu redor, de tanto que me concentrei.

Durante esta 2ª parte da corrida comecei a sentir início de cãibras na parte posterior da coxa esquerda. Apareceu uma barraca salvadora com bebida isotônica bem gelada. Alguns minutos após ingerir o gatorade, passou a fisgada na coxa e pude retomar o trote.

A 3ª parte da prova já foi a dureza de sempre. Passei perto da Contraf-CUT (na R. Líbero Badaró, depois do Viaduto do Chá) no km 12 com um calor imenso no corpo.

Começo da subida da Brigadeiro... Energia total para terminar os quilômetros finais. Já estava emocionado porque já sentia que tudo iria dar certo e logo mais estaria virando a esquina da Av. Paulista lá no fim da ladeira infinita.

O último quilômetro foi de arrepios no corpo todo e emoção só sentida por quem pratica corridas de rua.

Não sei se é exagero dizer isso em relação aos outros anos porque todos foram difíceis, mas a felicidade do trote final e cruzar a linha de chegada foi muito grande. Sugiro a experiência a todas as pessoas.

Consegui completar minha 6ª corrida de São Silvestre. Estou bem. Não fiquei arrebentado. Tenho muita lenha pra queimar ainda!

Mais uma vez, termino um ano em que minha romaria em MG (80 km) foi perfeita, não me arrebentei e rolou tudo bem hoje na corrida de fim de ano.


Tenho tanta coisa pra decidir sobre as possibilidades de foco e desafios em 2014, mas tenho a certeza de que continuo sendo uma pessoa muito obstinada e com gana em tudo que me disponho a fazer.


Feliz ano calendário de 2014 pra todas as pessoas progressistas e que têm uma ideologia mais humanista e que não concordam com as mazelas do sistema capitalista de exploração do homem pelo homem.

Desejo também que os projetos da direita fascista e dos lacaios dos capitalistas não se realizem.



SOMOS FORTES, SOMOS CUT!
ESPERO CONVENCER PESSOAS A MUDAR ESTE MUNDO INJUSTO QUE ESTÁ AÍ!

Nenhum comentário: