domingo, 25 de janeiro de 2015

Diário - 250115


Janeiro com a família entre mar, corridas e...
algumas obrigações profissionais (snif...)

Refeição Cultural

"Pouco importa venha a velhice, que é a velhice?
Teus ombros suportam o mundo
e ele não pesa mais que a mão de uma criança.
As guerras, as fomes, as discussões dentro dos edifícios
provam apenas que a vida prossegue
e nem todos se libertaram ainda.
Alguns, achando bárbaro o espetáculo,
prefeririam (os delicados) morrer.
Chegou um tempo em que não adianta morrer.
Chegou um tempo em que a vida é uma ordem.
A vida apenas, sem mistificação." (Drummond)




Estamos no mês de férias. O jeito é conjugar o descanso em família intercalado com as necessidades profissionais inadiáveis pela função que ocupo atualmente.

Além de várias sessões de telefonemas políticos ao longo do mês, precisei viajar para Brasília a trabalho nesta semana (ler sobre reunião a respeito da Cassi AQUI). Fiquei dois dias lá. Depois acabei trabalhando bastante para completar a semana.

Mas o importante é que consegui viajar com esposa e filho para o Nordeste e agora novamente para a Colônia de Férias do Sinpro SP, na Praia Grande SP. Também passei nos meus pais em Uberlândia MG para cuidar do aquário que deixei lá aos cuidados deles nestas semanas.

Foi engraçado. Mesmo em férias, acabei tendo uma semana parecida com algumas que tenho normalmente durante o trabalho: dormi domingo em Porto de Galinhas (PE), dormi segunda e terça em Osasco (SP), dormi quarta em Brasília (DF), dormi quinta em Uberlândia (MG), dormi sexta em um busão na estrada e dormi sábado em Praia Grande (SP).

Tive nesta semana de férias e trabalho, algumas decepções dolorosas em relação a comportamentos humanos. A vida é bem dura! Temos que estar muito preparados e focados para suportar as merdas que nos cercam diariamente. Felizmente, estou firme para enfrentar qualquer merda política e comportamental que vier. A vida é uma ordem, sem mistificações.

Estou fazendo um esforço tremendo para desenferrujar porque sei que tenho que estar com um corpo e mente de guerreiro, mesmo com a idade que tenho. Então, que assim seja.

É isso! Me preparando para a luta que não acaba nunca...

Nenhum comentário: