domingo, 20 de setembro de 2015

Diário - 200915



Às vezes, há caminhos. Às vezes, não há caminhos...
E mesmo assim, caminhamos!

PRA ONDE CAMINHAMOS?

Domingo acabando.

Gostaria que amanhã fosse domingo para descansar um pouco mais.

Neste fim de semana, li um artigo muito bom de Slavoj Zizek sobre o capitalismo global, a questão dos refugiados africanos, dos países árabes e asiáticos e os portões fechados nos países da Europa para eles.

Hoje li um capítulo do livro de Alfredo Bosi, Ideologia e Contraideologia. O capítulo abordou as formas de ver o nascimento, crescimento e morte de nações, com os filósofos Condorcet, Vico e Hegel. Visões da história humana de forma mais linear, num avanço permanente; com avanços e retrocessos, voltando às barbáries ancestrais; e de forma espiral, voltando ao passado, mas com saltos para outras etapas.

Comecei a postar no blog uma síntese do capítulo como fazia antigamente, mas o dia acabou e abortei a postagem. Não dá mais para fazer isso. Infelizmente.

Hoje corri um pouco e assisti também ao programa Planeta Terra, que sempre me põe a pensar muito sobre o mundo e os seres humanos. Depois vi outro programa sobre a origem do planeta Terra e da vida no planeta.

O sistema capitalista e os rumos que a humanidade está tomando com o esvaziamento dos valores humanos de amor, amizade, fraternidade, solidariedade e mais respeito com as diferenças, além do consumo dos recursos do planeta, muito maior do que o necessário por causa do modelo de produção capitalista, está nos levando a uma rota perigosa de extermínio dos seres humanos e da natureza como a conhecemos.

É o que eu penso.

Vamos para mais uma semana representando nosso papel nesse planeta extenuado pelo uso inapropriado por parte dos humanos.

William Mendes

Nenhum comentário: