sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Diário - 010116



Osasco, uma visão de meu mundo.

Primeiro dia do ano civil de 2016. (Calendário Gregoriano)

Li cinco contos do livro de J. D. Salinger "Nove Estórias" de 1953. Linguagem coloquial e com denúncia do cotidiano das famílias americanas das décadas de quarenta e anteriores.

Reli alguns capítulos também de "Dom Casmurro", de Machado de Assis (obra de 1899). Estou relendo a obra faz alguns dias. Os capítulos que li são sobre Capitu e seus "olhos de ressaca".

Estou testando se consigo ler algo nestas férias que começam oficialmente hoje. Sei que vou trabalhar vários dias de janeiro, envolvido na política e questões gerais da entidade de saúde em que sou gestor eleito. Mesmo assim, preciso desligar um pouco por causa da minha saúde e para dar um pouco de atenção à família.

Li faz uns dois dias, um conto do livro "Histórias Extraordinárias" de Edgar Allan Poe. O conto que li (O caso do sr. Valdemar) não é um dos mais famosos do livro e do autor.

Assistimos ontem a um filme de Charlie Chaplin, na hora da passagem do ano novo - Luzes da cidade (1931)

O filho cresceu e bateu asas. Foi passar a virada do Ano Novo com a namorada e família.

Estou pensando até se leio contos de José J. Veiga, um dos principais autores brasileiros de contos fantásticos, falecido em 1999.

Espero caminhar, correr, quem sabe nadar um pouco, me alimentar melhor e dormir mais neste mês de janeiro e torcer para conseguir voltar minha pressão arterial ao normal.

Nenhum comentário: