quinta-feira, 2 de julho de 2015

Diário - 010715



Foto do dia que estive em Curitiba falando com bancários

CORRER PARA ABSTRAIR E CUIDAR DE SI MESMO

Nesta quarta-feira começou o segundo semestre de 2015. Após mais um dia de trabalho pela nossa Caixa de Assistência, resolvi iniciar o mês de julho correndo.

Corri 5k em 30 minutos numa noite fria de Brasília (15°). Estava com uma preguiça quando cheguei que nem conto... vencer isso é o que nos faz bem.

Daqui a um mês farei minha caminhada na Romaria lá em Minas Gerais. A expectativa já dá um comichão na gente.

Vou me esforçar para correr bastante neste mês de julho. Espero manter meu peso na casa dos 73 kg e seguir cuidando de meu sistema cardio-respiratório, bem como pretendo estar bem atento ao meu sistema locomotor, aquele que me carrega por mais de 70 km em menos de um dia de caminhada.

Ia fazer um artigo sobre a proposta do Banco do Brasil para a Cassi, mas vou fazê-lo amanhã. Assim refresco a cabeça e ainda vejo os vídeos do diretor do banco falando da Cassi. Pelo que já vi... terei que fazer alguns esclarecimentos aos nossos participantes.


FASCISMO VAI CRESCENDO NO BRASIL

Estou muito focado em meu trabalho, mas eu não posso concordar em hipótese alguma com o fato de os brasileiros estarem se tornando tolerantes e complacentes com atos fascistas, xenófobos, misóginos ou outros lixos preconceituosos do gênero, como a oposição de direita e a imprensa golpista têm feito e estimulado contra o PT, a presidenta da república, Lula e outras lideranças de esquerda. 

Hoje vi na internet que alguns fascistas fizeram adesivos com a senhora presidenta Dilma Rousseff (mulher, cidadã, mãe e avó) com pernas abertas em bocais de tanques de gasolina em carros (?!).

Francamente... se é pra ser assim, que comecemos logo a nos matarmos uns aos outros, brasileiros que somos, e esqueçamos a convivência em sociedade.

Lamentável a justiça não fazer absolutamente nada contra crimes como esse e permitir que fascistas assim fiquem impunes.


Nenhum comentário: