quinta-feira, 8 de setembro de 2016

1984 é agora - Enfim, o Grande Irmão zela por nós...



O Grande Irmão Globo observa você...

Assisti ao filme 1984, de Michael Anderson, lançado em 1955 na Inglaterra. Foi a primeira adaptação do clássico de George Orwell, de 1949.

O filme é em preto e branco e eu gosto bastante de filmes antigos, mais que filmes modernos feitos com tecnologia de computadores.

O momento para assistir ao filme não poderia ser mais adequado. Quando reli o livro meses atrás, o Grande Irmão Globo e toda a camarilha de golpistas estavam no processo de derrubar o Governo Dilma, destruir Lula e o PT e acabar com a democracia brasileira.


Onde no brazil não tem uma teletela do Grande Irmão Globo
ligada, manipulando você?

Hoje, setembro de 2016, o Grande Irmão Globo venceu e seu estado totalitário está se implantando. Após derrubar o governo e reinstalar a ditadura que esse mesmo Grande Irmão havia participado desde os anos sessenta, os irmãos Marinho e seus pares do Partido da Imprensa Golpista (PIG) estão fazendo editoriais e pedindo que as polícias, os aparelhos de repressão, ataquem o povo nas ruas para que ninguém conteste o novo sistema totalitário do Partido (PIG).

Eu tanto falei e tanto escrevi durante meses do processo de construção do ódio organizado pelo Grande Irmão Globo... (e deu certo!). Um dos pilares do mundo distópico e totalitário de Orwell era "os dois minutos do ódio" e a "semana do ódio".


Depois de um intervalo entre os séculos (o maldito PT no poder),
tudo voltou ao normal na Oceania.

O Grande Irmão Globo venceu! Tudo vai voltar ao "normal" no brazil.

O Partido (PIG) domina corações e mentes. Até reconheço que exista a Resistência, assim como afirma a estória do 1984, mas a Resistência será capaz de vencer o sistema controlador do Grande Irmão Globo e seus asseclas?

Neste momento em que escrevo, madrugada de quinta-feira 8 de setembro, milhões de brasileiros (cidadãos da Oceania) estão ligados no canal aberto do Grande Irmão e nos canais por assinatura do Grande Irmão, nas opções de esporte após rodada do Brasileirão, na Globonews, nos canais que repetem programas, nos canais que apresentam sexo, até nos canais de "cultura" (é, quem disse que o Grande Irmão não vende "cultura!").


Já que a gente não aprende com o passado...
Deixemos que o Grande Irmão reescreva o passado,
e controle o futuro, a partir do presente.

Logo pela manhã, todos os membros do Partido (PIG) estarão atualizando os registros nos jornais escritos, revistas, TV e rádios, agências de criação de porcarias diversas para serem replicadas nas redes sociais por milhões de cidadãos brasileiros (da Oceania).

Sem contar que na hora do café da manhã e nos almoços, ou nos meios de transporte, lá estarão os membros do Partido da Globo ou seus pares (PIG) transmitindo nas teletelas as notícias e manipulações criando registros ou atualizando registros, para manter o sistema totalitário do Grande Irmão...

"Quem controla o passado, controla o futuro;
Quem controla o presente, controla o passado"

E o que é o passado? São os registros...

Serei eu um Winston Smith? Todos nós somos smiths e júlias?

Viva o Grande Irmão! Vida longa ao Grande Irmão!
Viva William Bonner! William Waack! Mirian Leitão! Sardenberg! Viva Luciano Huck! Viva Faustão! Viva Reinaldo Azevedo! Ehhh viva Galvão Bueno! Viva Boris Casoy! Viva Datena!

(são muitos membros do Partido - PIG -, não dá pra enumerar...)

William
Cidadão da Resistência

(Tá tudo dominado! Até o filme que comprei é do PIG, dos Frias)

3 comentários:

Nicomos Santos disse...

Não bastasse tanto controle e dominação midiática, carregamos as tele-telas no bolso (ou na bolsa), para consultas, comunicação, entretenimento e ou ver o noticiário, sendo certo que não sabemos mais viver sem elas. Orwell, embora não afirme explicitamente, sugeriu que o domínio do Grande Irmão tinha gênese nos países totalitários (antiga União Soviética na proa), mas tal domínio acabou por se firmar nos países de democracia liberal, cuja liberdade de expressão e de fazer-se como ser consciente e pensante, está sempre garantida pelo Sistema.Um 1984 às avessas!

Nicomos Santos disse...

Não bastasse tanto controle e dominação midiática, carregamos as tele-telas no bolso (ou na bolsa), para consultas, comunicação, entretenimento e ou ver o noticiário, sendo certo que não sabemos mais viver sem elas. Orwell, embora não afirme explicitamente, sugeriu que o domínio do Grande Irmão tinha gênese nos países totalitários (antiga União Soviética na proa), mas tal domínio acabou por se firmar nos países de democracia liberal, cuja liberdade de expressão e de fazer-se como ser consciente e pensante, está sempre garantida pelo Sistema.Um 1984 às avessas!

William Mendes disse...

Olá Nicomos, como vai?

Você tem razão. Dizem que vivemos em plena sociedade dita "democrática", mas do controle.

Na minha opinião, vivemos numa verdadeira sociedade totalitária, de ditadura dos meios midiáticos dos empresários e corporações.

Abraços, William