quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Morfologia - Classes de Palavras


Aulas do prof. Emílio Pagotto (FFLCH - USP)

4ª atividade - Classes de Palavras

1) As definições abaixo foram extraídas do livro Curso Prático de Gramática, de Ernani Terra (São Paulo, Ed. Scipione, 1991). Examine-as e aponte os critérios de análise gramatical empregados. Procure justificar sua resposta.

SUBSTANTIVO é a palavra variável em gênero, número e grau, que dá nome aos seres em geral. São portanto substantivos:

a) os nomes de coisas, pessoas, animais e lugares;
b) os nomes de ações, estados ou qualidades, tomados como seres. (p.62)

ADJETIVO é a palavra variável em gênero, número e grau, que caracteriza o substantivo indicando-lhe qualidade, estado, modo de ser ou aspecto. (p.79)

PRONOME é a palavra variável em gênero, número e pessoa, que representa ou acompanha o substantivo, indicando-o como pessoa do discurso.

CLASSIFICAÇÃO DOS PRONOMES

Há em português seis espécies de pronomes: pessoais, possessivos, demonstrativos, indefinidos, relativos, interrogativos. (p.102)

ADVÉRBIO é a palavra invariável que modifica o verbo, o adjetivo ou ainda outro advérbio, exprimindo determinada circunstância. (p.173)


2) Tome o seguinte conjunto de dados e explique que tipo de problemas eles colocam para cada uma das definições acima:

a) porta portão casa casebre casinha casarão

- porta grande (grau aumentativo analítico, segundo a mesma gramática)


Em um sistema de definição de classes de palavras é importante que uma característica exclua outra.

Adjetivo e advérbio: palavras que modificam
Substantivo e verbos: palavras que são modificadas



Existe uma ausência de hierarquia de critérios para diferenciar as classes de palavras.

Aqui já temos um problema de definição em dizer que o substantivo varia em grau.

a) porta portão casa casebre casinha casarão

Tem variação de grau. MAS não é flexão. É VARIAÇÃO porque os sentidos semânticos são diferentes.

O substantivo é passível de variação, mas não são todas as palavras que variam.

"porta" e "portão" são palavras com sentidos e usos semânticos diferentes. São dois VOCÁBULOS LÉXICAIS.

"porta grande" NÃO É FLEXÃO DE GRAU! É um processo sintático. (segundo Mattoso)


b) Esta casa é mais bonita que aquela (grau comparativo de superioridade, segundo a mesma gramática)

Não é grau. Muito menos processo morfológico. É SINTÁTICO.


c) A cidade ficou muito bonita (grau superlativo absoluto analítico, segundo a mesma gramática)

Idem ao anterior. O grau não é processo morfológico.


d) Aqueles carros de portas azuis são muito caros. Eles têm grandes admiradores.

Encontrei algumas pessoas que me mostraram outras provas.

O pronome ELES não está substituindo só a palavra "carros" (substantivo). Está substituindo o sintagma nominal inteiro.

ELES [aqueles carros de portas azuis]


Observações do professor:

O ARTIGO é o limite do sintagma à esquerda. ex: os meus três amigos doidos...

O PRONOME pode substituir o sintagma inteiro e não só palavras.

na letra d) AQUELES pode ser substituído por OS.

Podemos dizer que são da mesma classe aqui, pois onde cabe um cabe outro E os dois não podem ser usados juntos. [os aqueles; aqueles os]


Fim da aula

Nenhum comentário: